A presidente da Comissão da Mulher na ALE-RR (Assembleia Legislativa de Roraima), deputada Betânia Almeida (PV) sugeriu ao Governo do Estado a criação de políticas públicas por meio de um programa social de apoio às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar em Roraima.

A indicação nº. 324/2020, que lida e deliberada pelos parlamentares em sessão remota realizada nesta terça-feira, 28, tem como base os dados extraídos do Relatório de Atividades realizadas pela Casa da Mulher Brasileira, no período de janeiro a dezembro de 2019, apontando que mais de 2.777 mulheres acessaram os serviços disponíveis pela rede de apoio.

Outros dados obtidos pela deputada Betânia, na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), entre 17 de março a 3 de abril, período decorrente ao isolamento social por conta da pandemia do Novo Coronavírus, foram contabilizados cerca de 130 boletins de ocorrência por conta de crimes desta natureza, que também motivou recentemente a parlamentar a solicitar que tais denúncias, por ser feitas pela internet no site da Delegacia Online-RR.

Segundo a deputada, a indicação pretende viabilizar a inserção no mercado de trabalho às vítimas. Mas par isso, terá que criar um sistema para registrar e identificar as mulheres que sofreram violência doméstica, que não possuem renda por depender financeiramente do companheiro.

“As informações, para alimentar o sistema, devem ser registradas no momento da denúncia, podendo ser realizado em parceria com a Delegacia da Mulher e o CHAME (Centro Humanitário de Apoio a Mulher). Com a identificação dessas mulheres desprovidas de renda o governo deverá promover a qualificação através de cursos profissionalizantes para viabilizar a inserção no mercado de trabalho que poderá ser feita através de parcerias com instituições públicas e privadas”, explicou Betânia.

A parlamentar acredita que essa ferramenta vai amenizar o sofrimento enfrentado pelas vítimas de violência doméstica, possibilitando a elas, um recomeço com a esperança do alcance de uma independência financeira e a construção de uma nova vida.

“Estamos na torcida para que o governador Antônio Denarium (sem partido), se sensibilize com essa causa, que considero justa, pois com isso amenizaremos as dificuldades enfrentadas pelas mulheres vítimas de violência doméstica neste estado.

Texto, Foto e Arte: Ascom/DBA

Leia mais sobre a atuação da deputada Betânia Almeida em defesa das mulheres de Roraima.