Em audiência no Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, com a equipe da ministra Damares Alves, a deputada estadual Betânia Almeida (PV) apresentou o projeto de criação do portfólio de economia criativa e bioeconomia de Roraima.

O assessor especial da ministra, Marco Vinicius Pereira de Carvalho, foi designado para receber o projeto que trata de pelo menos 28 produtos roraimenses que ainda não tem um selo regional, que certifique a origem e agregue mais valor ao produto final. 

São produtos regionais, alguns cultivados em comunidades indígenas, que com um selo de certificação vão valorizar muito mais no mercado internacional.

O assessor da ministra ficou muito interessado na proposta apresentada pelo presidente do Conselho Deliberativo do IETNOS (Instituto de Etnocultura e Sustentabilidade da Amazônia), Carlos Alberto Pavelegini. 

O Projeto do Portfólio da Economia Criativa e Bioeconomia de Roraima está sendo desenvolvido em parceria com a Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social), com recursos destinados através de emenda parlamentar, no valor de R$ 300 mil, da deputada Betânia Almeida (PV).

“A ministra Damares  terá a oportunidade de conhecer com mais detalhes e decidir pelo apoio do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos a esse projeto que vai ajudar a fortalecer a bioeconomia dos 15 municípios de Roraima”, comentou a deputada Betânia Almeida.

Leia também:

Confira na íntegra, as Indicações e Projetos de Lei de autoria da deputada Betânia Almeida (PV):

Ano 2019:
PLs e Indicações
(aqui)

Ano 2020:
PLs (aqui) e
Indicações (aqui)

Ano 2021:
PLs (aqui) e Indicações (aqui)

Por Ascom/DBA