A deputada estadual Betânia Almeida (PV) protocolou, na Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), a Indicação nº 272/2021 sugerindo ao Governo de Roraima, a ampliação do acesso à mamografia gratuita na rede pública de saúde para mulheres a partir de 40 anos, em adequação à Lei Federal n° 11.664/08.

O objetivo é garantir o direito às usuárias do Sistema Único de Saúde (Sus) o acesso a exames confiáveis para a detecção do câncer de mama e do câncer de colo de útero, aumentando significativamente as chances de cura e de tratamentos menos radicais como, por exemplo, a mastectomia (retirada total da mama).

Segundo a deputada, a Lei n” 11.664 de 29 de abril de 2008 prevê a realização da mamografia a todas as mulheres a partir dos 40 anos.

“O Instituto Nacional do Câncer (Inca) aponta que em Roraima, 440 mulheres foram diagnosticadas com algum câncer em 2020. Deste total, 60 eram de mama. A Sociedade Brasileira de Mastologia recomenda que a primeira mamografia seja realizada antes dos 40 anos e, depois dessa idade, anualmente”, informou a parlamentar.

A migração venezuelana foi o motivo que levou Betânia a elaborar a proposição ao poder Executivo.

“Houve um aumento significativo na procura por este exame. Vale ressaltar que grande parte da procura é de mulheres venezuelanas, o que nos faz requerer do Governo a ampliação dos serviços de diagnósticos mamários na rede pública disponibilizando uma maior quantidade de exames e atendimentos para detectar precocemente a doença e reduzir a mortalidade por câncer de mama em Roraima”, reforçou.

 Confira na íntegra, as Indicações e Projetos de Lei de autoria da deputada estadual Betânia Almeida (PV):

Ano 2019:
PLs e Indicações
(aqui)

Ano 2020:
PLs (aqui) e
Indicações (aqui)

Ano 2021:
PLs (aqui) e Indicações (aqui)

Por Ascom/DBA